Uma nova narrativa

Categoria: Notícias,Uncategorized

eastern-partnership

 

União Europeia promove debate alargado

Foram convidados artistas, intelectuais, cientistas, representantes do mundo académico e todos os cidadãos europeus para reflectirem sobre a história, os valores, os símbolos e os aspectos culturais que unem os europeus e para contribuírem para uma nova visão da Europa:

  • Em 2013 e no início de 2014, serão realizadas três assembleias gerais sobre «Formas de imaginar e pensar a Europa», que servirão de fonte de inspiração para a nova narrativa.
  • Serão organizados eventos em paralelo para suscitar o debate noutras cidades europeias.
  • Será publicado um resumo da narrativa com uma série de visões pessoais de artistas, intelectuais, cientistas e outros cidadãos sobre a Europa.

 

Porquê artistas, intelectuais e cientistas?

O contributo dos artistas, dos intelectuais e dos cientistas é especialmente importante, porque o projecto europeu não tem apenas a ver com cooperação económica. Trata-se também de aliar as diferentes culturas e aspirações europeias, que são uma fonte de grande vitalidade para o continente.

 

O seu contributo também é essencial

A visão pessoal de cada cidadão também é importante para este debate em torno de uma nova narrativa para a Europa. Se pretender participar, tenha em conta as seguintes perguntas:

  • O que significa a Europa para mim? Que significado deve ter para os cidadãos?
  • Por que precisamos actualmente de uma Europa cultural?
  • Como deverá a nova narrativa para a Europa ser partilhada pelos cidadãos europeus?

 

Participe em ec.europa.eu/debate-future-europe/citizens-dialogues/index_pt.htm.

 

2013 é o Ano Europeu do Cidadãos, consagrado aos direitos associados à cidadania europeia

Ao longo do ano, têm sido organizados eventos e conferências em toda a Europa para incentivar o diálogo entre a administração pública, a sociedade civil e as empresas. Para estar a par de tudo o que acontece, visite europa.eu/citizens-2013/pt/home.

 

Esta notícia foi escrita para o Canal Europa do jornal digital Setúbal na Rede.