Resistência Antimicrobiana: a Comissão Europeia intensifica a luta com o novo Plano de Ação

Categoria: Notícias,Uncategorized

Twitter_AMR_02_mutedHoje, a Comissão Europeia adota um novo plano de ação para combater a resistência antimicrobiana (RAM) — uma ameaça crescente que é responsável por 25,000 mortes e 1,5 mil milhões de prejuízos económicos na UE todos os anos. O plano de ação, no âmbito da iniciativa «Uma só saúde», inclui orientações para promover a utilização prudente dos agentes antimicrobianos na saúde humana. Estas orientações são direcionadas para todos os profissionais de saúde – médicos, enfermeiros, farmacêuticos, gestores de hospitais e qualquer outro que desempenhe um papel no uso de agentes antimicrobianos – e complementam orientações de prevenção e de controlo de infeções que possam existir a nível nacional.

Vytenis Andriukaitis, Comissário europeu responsável por Saúde e da Segurança Alimentar, declarou: «A resistência antimicrobiana é uma ameaça global crescente que, se não intensificarmos a nossa ação agora, pode causar mais mortes do que cancro em 2050. A agenda ambiciosa que apresentamos hoje enfoca em ações em áreas chave com o maior valor acrescentado para os países da EU”

Twitter_AMR_01_mutedCarlos Moedas, Comissário europeu responsável pela Investigação, Ciência e Inovação, afirmou: «A resistência antimicrobiana já matou milhares e constitui um encargo significativo para a sociedade e a economia. Trata-se de uma ameaça que nenhum país pode enfrentar sozinho. Precisamos de um esforço de investigação verdadeiramente europeu para salvar mais vidas humanas, animais e o ambiente. Esta é a razão pela qual a iniciativa «Uma só Saúde» é tão importante — permitirá uma melhor coordenação da investigação e da colaboração entre os Estados-Membros da UE, bem como dos setores público e privado dentro e fora da Europa».

As ações previstas do Plano estão assentes em três pilares principais: Tornar a UE uma região de boas práticas; Reforçar a investigação, o desenvolvimento e a inovação; Definição da agenda mundial.