Declaração do Comissário responsável pela Ajuda Humanitária e Gestão de Crises, Christos Stylianides, sobre os mortíferos incêndios florestais e tempestades em vários Estados-Membros

Categoria: Notícias,Uncategorized

Hoje, pensamos em especial nos nossos cidadãos que sofrem com os incêndios florestais devastadores em Portugal e Espanha e com as tempestades que assolaram a Irlanda e o Reino Unido.

Apresentamos as nossas condolências a todos os que perderam entes queridos e saudamos os corajosos socorristas que trabalham em condições difíceis para salvar a vida de outros.

Estamos em contacto permanente com as autoridades respetivas e todos os instrumentos de resposta de emergência da UE estão a postos.

O primeiro apoio da UE já está a caminho.

O Presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, falou com o Primeiro-Ministro de Portugal, António Costa, (e eu próprio falei com a Ministra Constança Urbano de Sousa), a fim de oferecer total solidariedade e disponibilidade da UE para ajudar.

Na sequência de um pedido de ajuda das autoridades portuguesas, estão a ser enviadas aeronaves de combate a incêndios de Itália através do Mecanismo de Proteção Civil da UE. Estas aeronaves especializadas irão operar na maioria das áreas afetadas em Portugal e fornecer um apoio valioso aos esforços nacionais de emergência.

Estamos também a acompanhar de perto a evolução da tempestade Ofélia que está a afetar partes da Irlanda e do Reino Unido.

Nesta fase, as autoridades irlandesas solicitaram o auxílio do sistema de cartografia por satélite Copernicus da UE. As imagens de satélite altamente pormenorizadas irão ajudar as equipas de proteção civil nacionais a avaliar a extensão dos danos e a orientar melhor os esforços de auxílio.

O nosso Centro de Coordenação de Resposta de Emergência, que funciona sem interrupções, está a trabalhar em permanência para canalizar o apoio da UE e estamos prontos para mobilizar qualquer ajuda suplementar solicitada.