COVID-19: Comissão atua para garantir fornecimento de equipamento de proteção individual na União Europeia

No dia 15, a Comissão introduziu um requisito para que as exportações de equipamentos de proteção individual para fora da Europa só sejam efetuadas mediante autorização dos Estados-Membros. A medida, adotada no âmbito do procedimento de urgência por um período de seis semanas, visa proteger a disponibilidade do fornecimento desses equipamentos no mercado único da UE. Tal como explicado na declaração da presidente da Comissão Europeia, Ursula von der Leyen, esta medida faz parte de uma abordagem em três vertentes: a Comissão trabalha com a indústria no sentido de aumentar a produção, toma medidas para manter na UE os equipamentos de proteção de que necessitamos e envida esforços para garantir que as mercadorias continuam a circular em toda a Europa, para que possamos partilhar esses equipamentos.

Saiba mais em ip_20_469 e em mex_20_470